Quero ser Ricardo Kotscho para andar pela rua e não me acomodar num computador. Quero ser Robert Fisk para guerrear pela paz tendo como arma um microfone. Quero ser Hélio Fernandes para me libertar pelas grades e não me prender a cifrões. Quero ser Gay Talese para cuidar de cada palavra e ser sensível ao sentimento das pessoas. Quero ser Zuenir Ventura para escrever as minhas histórias dos outros. Quero ser Alberto Dines para observar a mim mesma. Quero ser John Reed para narrar dias que abalaram o mundo. Quero ser muitos. Eu mesma. Sou um ser em construção.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Você já parou pra pensar se essa história de "aquecimento global" é falsa ou verdadeira? O que há por trás dessa mobilização dos poderosos do mundo?


AQUECIMENTO GLOBAL : “FALSO OU VERDADEIRO ???”

Por Pettersen Filho, da Associação Brasileira de Defesa do Indíviduo e da Cidadania (Abdic)

Quando reunirem-se, essa semana, em Copenhague , na Dinamarca, o supra-sumo das principais potências econômicas mundiais, defendendo, com dialetos e idiomas próprios, cada um sob o seu ângulo de vista, e ambição particular, a manutenção do Clima no Planeta estará, definitivamente, formada, numa alusão bíblica, a Torre de Babel , construção mítica, jamais levada a cabo, devido ao desentendimento entre as nações, a versão moderna da grande Babel Mundial .

Planeta, Organismo - vivo , desde o seu advento, que teve como paisagem de fundo, e condição de ingresso da vida no Planeta, o calor, próprio dos Vulcões , onde a rocha magma se cristalizou, dando vida aos dinossauros , depois, sucumbidos pelo gelo, segundo os especialistas, decorrido do suposto choque de um grande meteoro com o Planeta , a Terra , desde o sempre é um Ente - vivo , em constante mutação, quem respira, transpira, soa e espirra...

... ameaçando, de vez, a remover-nos de sua epiderme !

Assim é que, munidos de proposital inocência , enquanto os cientistas, ao seu turno, alguns, afirmam em tom apocalíptico, que, “ estão contados os dias no Planeta” , porquanto, outros, cada um com sua planilha, e motivação política em punho, de outro lado, na verdade, informam que a Terra está, é, resfriando , as principais nações do Mundo reunir-se-ão para debater o Clima do Planeta , sob estrita observação dos movimentos ambientalistas mundiais, e por quê ? não dizer, sob a batuta dos principais grupos econômicos internacionais, de olho em possíveis restrições que aplaquem, ou diminuam-lhes, o livre arbítrio, e poder, de realizarem, em suas cadeias produtivas, verdadeira lambança.

Dessa forma, enquanto os ditos, “ entendidos ”, não se entendem, o homem comum , esse que pega o ônibus lotado em São Paulo , na periferia, enquanto se dirige ao trabalho, em capitais completamente engarrafadas e poluídas, Planeta a fora, sem a clemência de um misero ar condicionado, esse, ao passo que respira, cada vez mais, doses e mais doses de monóxido-de-carbono , misturado ao chumbo pesado , que faz a sanha das multinacionais do combustível fóssil, a Petrobrás dentre elas, esse, sequer precisa do endosso de um cientista qualquer, lá da Alemanha ou do Japão , para constatar que o seu saco, e ovos, já estão, há muito tempo, fritando...

Discursos enristes guardados no smoking, ávidos a figurarem bem na foto clássica do evento, em meio a muito “ bla-bla-blá oficial ”, desde Barack Obama , dos EUA, Poluidor Mor do Planeta , à custa de quem mantêm o conforto e a fanfarrice dos lares americanos, e seus carrões bebedores de gasolina, até a China, do Presidente Hu Jintao , novíssima candidata ao Clube dos Bacanas , bebedores de uísque e champagne francês, enquanto fomenta o seu processo de industrialização, ao preço da queima colossal de muito carvão, e da degradação ambiental, ademais, cada qual, comparece ao evento defendendo interesse próprio, geralmente, egoístico e não-confessável.

Então, posto na mesa o Tabuleiro da Convenção Climática , fadado a repetir o fiasco ecológico de Quioto , no Japão, há alguns anos atrás, a verdade é que existe na “ questão climática ” uma profunda, e histórica, cisão, a mesma e clássica, que vem desde a época das Grandes Navegações e do Colonialismo , em que, novamente, munidos do interesse de preservar a sua vanguarda econômica, e industrial, agora, discorrendo outro discurso, e não mais o da catequização dos povos bárbaros, como nas Cruzadas , mas, sim, atrás de novos e cativos mercados, objetivando não transferir de hemisfério as suas riquezas, as Nações Desenvolvidas da América do Norte e da Europa, aterrorizadas com o pseudo , mas real, discurso do Fim do Mundo , querem impedir que paises menos desenvolvidos, como Índia e Brasil ingressem, com suas economia e industria, nas barras do Século XXI, tudo, via quota de emissão, e outras armadilhas de apego ecológico.

Particularmente interessado em converter a sua quota de preservação ecológica, em Crédito de Carbono , traduzido por ajuda financeira internacional, em troca da conservação, por exemplo, da Floresta Amazônica , o Brasil , com muita lenha para queimar, parece que vai defender o Tratado , que torne tal regra obrigação.

Contudo, interessados em defender outros pontos de vista, EUA , China e Índia , outros grandes poluidores, parecem, definitivamente, não estarem dispostos a pagarem tal preço...

Enquanto isso, na “ Construção ” da Torre de Babel Climática, onde cada um fala idioma diferente, o Mestre da Obra , seja ele quem seja, encarregado de erigir a “ Construção ”, em nome da preservação da vida humana na Terra , contudo, sem ser muito bem compreendido pelos “ Operários ”, de diversas nacionalidades e credos políticos, ao solicitar que coloquem mais cimento na massa, proclama:

“ Stanas pana canas, sbrutchi canas, prush reich !!”...

O que não quer dizer, em idioma algum , coisa nenhuma , para ninguém !

Clique nos links abaixo e conheça alguns argumentos do cientista brasileiro Luiz Carlos Molion, representante da Organização Metereológica Mundial na América Latina, que não acredita em aquecimento global:

"Aquecimento é farsa"

Conheça dois sites dedicados à defesa da tese de que há, sim, aquecimento global:

http://www.aquecimentoglobal.com.br/


http://www.terrazul.m2014.net/spip.php?article231

Se há ou não aquecimento global, falta-me conhecimento técnico para avaliar. Mas isso não impede que eu faça a minha parte por um mundo mais habitável, de acordo com o que sinto. Sinta o mundo à sua volta e, depois, como sempre na história da humanidade, a escolha é de cada um.

Nenhum comentário:

"O discípulo não supera o mestre, o complementa" (Luciene Félix, profª de filosofia da Escola Superior de Direito Constitucional - SP)

"A amizade é uma predisposição recíproca que torna dois seres igualmente ciosos da felicidade um do outro."
(Platão)

"A amizade é mais importante do que a justiça, porque onde houver amizade, a justiça já está feita."(Aristóteles)

Este blog adota a