Quero ser Ricardo Kotscho para andar pela rua e não me acomodar num computador. Quero ser Robert Fisk para guerrear pela paz tendo como arma um microfone. Quero ser Hélio Fernandes para me libertar pelas grades e não me prender a cifrões. Quero ser Gay Talese para cuidar de cada palavra e ser sensível ao sentimento das pessoas. Quero ser Zuenir Ventura para escrever as minhas histórias dos outros. Quero ser Alberto Dines para observar a mim mesma. Quero ser John Reed para narrar dias que abalaram o mundo. Quero ser muitos. Eu mesma. Sou um ser em construção.

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Falta cair a tinta do rosto dos caciques* - o filme, estrelando: José Sarney, um homem em busca de sua identidade...

Quem, eu? Onde? Quando? Por que? Como?

Foto: Gustavo Miranda / O Globo de 17/06/2009

Charge: Ique / JB de 17/06/2009

Apesar de o vídeo abaixo ser do deplorável "Jornal Nacional", coloco-o aqui, pois é o único que está disponível no Youtube com o recente discurso em que Sarney diz que "a crise não é dele, é do senado". Como disse alguém num comentário ao vídeo no youtube, com essa, só nos resta crer que a culpa pela crise é da moça do cafezinho.



---------- // ----------

=> *Escrevi 20 dias atrás um artigo chamado "Falta cair a tinta do rosto dos caciques". Parece que Sarney resolveu provar que não está nada disposto a lavar o rosto.

Nenhum comentário:

"O discípulo não supera o mestre, o complementa" (Luciene Félix, profª de filosofia da Escola Superior de Direito Constitucional - SP)

"A amizade é uma predisposição recíproca que torna dois seres igualmente ciosos da felicidade um do outro."
(Platão)

"A amizade é mais importante do que a justiça, porque onde houver amizade, a justiça já está feita."(Aristóteles)

Este blog adota a