Quero ser Ricardo Kotscho para andar pela rua e não me acomodar num computador. Quero ser Robert Fisk para guerrear pela paz tendo como arma um microfone. Quero ser Hélio Fernandes para me libertar pelas grades e não me prender a cifrões. Quero ser Gay Talese para cuidar de cada palavra e ser sensível ao sentimento das pessoas. Quero ser Zuenir Ventura para escrever as minhas histórias dos outros. Quero ser Alberto Dines para observar a mim mesma. Quero ser John Reed para narrar dias que abalaram o mundo. Quero ser muitos. Eu mesma. Sou um ser em construção.

segunda-feira, 27 de abril de 2009

E George Orwell não viveu para ver isso...

Foto de divulgação
A frase "filmar com o olhar" não será mais mera força de expressão. Bem, pelo menos para o cineasta canadense Rob Spence, que pretende substituir seu olho cego, removido há dois anos, por uma prótese de vidro com uma câmera embutida. A proposta de Spence é produzir um documentário sobre supervigilância só com as imagens que sua câmera-olho captar. Para isso, a prótese está sendo equipada com uma microcâmera, bateria e um transmissor de radiofrequência. O cineasta terá ainda um receptor Wi-Fi preso ao cinto e uma bolsa com um disco rígido.


Saiu na revista " Info Exame", de Abril 2009.


--------------- // ----------------

=> Minha grande curiosidade: o que teria a dizer nesse momento aquele que, em 1949, em seu brilhante e visionário livro "Nineteen Eighty-Four", criou a expressão "Big Brother"?

Nenhum comentário:

"O discípulo não supera o mestre, o complementa" (Luciene Félix, profª de filosofia da Escola Superior de Direito Constitucional - SP)

"A amizade é uma predisposição recíproca que torna dois seres igualmente ciosos da felicidade um do outro."
(Platão)

"A amizade é mais importante do que a justiça, porque onde houver amizade, a justiça já está feita."(Aristóteles)

Este blog adota a